Atletismo: Jakob Ingebrigtsen bate recorde de 2 milhas

Redacao
Por: Redacao
Em Esportes · há 8 meses atrás

[ad_1]

Jakob Ingebrigtsen havia anunciado sua intenção de fustigar o recorde de 2 milhas (3.218 metros) durante a Diamond League em Paris, e foi logo que aconteceu. Pode-se expor que o norueguês pulverizou o recorde anterior, retido pelo queniano Daniel Komen desde 1997 com 7m58s61. Ingebrigtsen, que nasceu no ano 2000, parou o relógio em 7:54.10ou seja, que o recorde anterior caiu mais de quatro segundos.

O que o europeu de 22 anos conseguiu pode ser classificado uma vez que um feito, já que exclusivamente dois atletas ficaram aquém dos oito minutos nesta prova. Nem Haile Gebrselassie nem Cheptegei, Chelimo, Mo Farah ou o próprio Kipchoge o fizeram em seus tempos de pista. Aliás, o norueguês, embora corresse com lebres, cavalgava muitos metros sozinho e o segundo classificado – Ishmael Kipkirui – terminou 15 segundos detrás dele.

Ingebrigtsen, portanto, escreve seu nome no livro dos recordes mundiais pela segunda vez, uma vez que Já tenho a pista indoor de 1.500 metros, estabelecido em 2022 em Lievin (França) com o tempo de 3m30s60. Jakob começou sua temporada competitiva ao ar livre exclusivamente alguns dias detrás, vencendo a 1.500 Diamond League em Rabat (Marrocos).

“Saindo dos 1.500 metros, o ritmo me pareceu muito tranquilo. Diria que foi uma boa prova. O público foi incrível, Sem a sua ajuda teria sido mais difícil. No final, fiquei um pouco surpreso com o tempo.”aponta o norueguês em seguida finalizar.

4×100 feminino

Menção especial para a grande corrida de Carmen Marco, Paula García, Paula Sevilla e Jael Bestu, que venceram o 4×100 feminino. O mais notável é que assinaram um crono de 42.99 segundos, próximo ao recorde vernáculo de 42s58. Aliás, a seleção espanhola, quinta colocada no mundial no ano pretérito, teve a melhor marca do ano. Em segundo lugar ficou a seleção da França 2 (43,50), seguida pelo Canadá (desclassificado) e França 1 (desclassificado).